Johannes Eisele/AFP
Johannes Eisele/AFP

Meia da Suíça crê em evolução do Brasil e diz que a seleção é uma das favoritas

Valon Behrami teve atuação destacada defensivamente no empate com a seleção brasileira por 1 a 1

Estadão Conteúdo

26 Junho 2018 | 13h50

Um dos responsáveis pela marcação em cima de Neymar na estreia da seleção da Suíça na Copa do Mundo da Rússia, o meia Valon Behrami crê que a seleção brasileira deve evoluir no torneio e, apesar das atuações não tão convincentes, aposta no Brasil como um dos favoritos à conquista do título.

+ Técnico sul-coreano admite superioridade da Alemanha, mas crê em triunfo e vaga

+ Cahill atua por menos de 45 minutos e perde chance de marcar pela 4ª Copa seguida

+ Técnico da Suíça diz que comemorações polêmicas ficaram no passado: 'Só futebol'

"Acho que esperamos o começo mais devagar do Brasil, vai ficar melhor a cada jogo. Já teve mais confiança na segunda partida (contra a Costa Rica), jogou de maneira diferente. Acho que o Brasil ainda é o favorito para esse grupo e um dos favoritos para ganhar a Copa", disse.

Behrami e seus companheiros enfrentam a Costa Rica nesta quarta-feira, às 15 horas (de Brasília), em Nijni Novgorod, na rodada final da primeira fase do Grupo E. Segunda colocada da chave no momento, a Suíça precisa de uma vitória para garantir a vaga nas oitavas de final.

 

Se o triunfo não vier, tem que torcer para o Brasil, líder do grupo, vencer a Sérvia no Spartak Stadium, em Moscou. Os suíços avançam em primeiro se venceram seu jogo e o Brasil tropeçar, ou, então, se conseguirem um saldo de gols superior ao da seleção de Tite.

Behrami prevê dificuldade para a equipe brasileira no duelo. "A Sérvia tem boa qualidade, especialmente fisicamente. Provavelmente vão jogar bolas longas, como fizeram contra a gente e jogaram muito bem. E sei que o Brasil não gosta muito disso. Mas minha cabeça está completamente no jogo de amanhã [quarta]", garantiu.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.