AP
AP

Meia do Sunderland é acusado de ter relações sexuais com menor

Promotoria diz que há 'possibilidade real de condenação'

Estadão Conteúdo

23 de abril de 2015 | 14h05

A polícia da cidade de Durham anunciou nesta quinta-feira que o meia Adam Johnson está sendo formalmente acusado de três crimes por manter atividades sexuais com uma garota menor de idade. O jogador do Sunderland chegou a ser detido no início do mês passado e só foi liberado depois do pagamento de fiança.

De acordo com o comunicado divulgado pela polícia local, Johnson responderá a três crimes sexuais, além de um por aliciamento de menores. Ele foi detido em sua própria mansão após a denúncia de que estaria mantendo relação com uma garota de 15 anos e chegou a ser suspenso de seu clube.

A promotoria pública disse que há "uma possibilidade real de condenação" de Johnson, que está sendo acusado de "manter encontros com uma criança seguidos de aliciamento sexual" e "três ofensas de atividade sexual com uma criança". O julgamento será iniciado no dia 20 de maio.

Adam Johnson, que morava com a namorada, já defendeu a seleção inglesa em 12 partidas. Ele esteve cotado para disputar a Copa do Mundo de 2014, mas foi preterido pelo técnico Roy Hogdson. Ele teve uma boa passagem pelo Manchester City, de 2010 a 2013, antes de chegar ao Sunderland, onde é um dos destaques. O meia começou no Middlesbrough e também atuou pelo Leeds e pelo Watford.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.