Meia Everton Ribeiro minimiza pressão sobre Cruzeiro após empates

Jogador não vê motivos para desconfiança sobre a equipe mineira após as igualdades com Botafogo e Criciúma, ambas como visitante

Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2014 | 18h25

Depois de dois empates seguidos fora de casa, diante de Botafogo e Criciúma, o Cruzeiro viu reduzir sua vantagem na liderança do Brasileirão, passando a ter agora dois pontos a mais do que o segundo colocado Inter. Apesar disso, o meia Everton Ribeiro minimizou a pressão sobre o clube mineiro para ganhar do Santos, domingo, no Mineirão, quando estará arriscado a perder a primeira posição.

"A gente já precisaria vencer de qualquer maneira, mesmo que tivéssemos conquistado outros resultados fora de casa. Jogamos no Mineirão e temos ciência que a torcida vai ajudar. Temos condições de vencer o Santos, vai ser um jogo complicado, mas a pressão é a mesma", afirmou Everton Ribeiro, um dos titulares do Cruzeiro.

Apesar de jogar em casa, com o apoio da torcida no Mineirão, o Cruzeiro precisa ter atenção no jogo de domingo. Esse é o recado de Everton Ribeiro. "É um campeonato difícil. O Santos é uma equipe forte e virá querendo a vitória. Vamos jogar atentos para tentar buscar os três pontos dentro de casa e seguir na frente", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.