José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Meia Patrik é rebaixado para o time B do Palmeiras

Jogador entrou na lista de atletas a serem liberados, mas não conseguiu encontrar outro clube

Daniel Batista, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 17h25

SÃO PAULO - Um dos jogadores mais contestados pela torcida do Palmeiras, o meia Patrik foi rebaixado para o time B do clube. Ele estava no final do ano passado em uma lista de jogadores liberados para negociar com outros clubes, mas, como não conseguiu acordo com nenhuma outra agremiação, ficou treinando na Academia de Futebol com o time principal. Após a chegada de reforços, acabou afastado pelo técnico Gilson Kleina.

Formado pelo Palmeiras, o meia de 23 anos foi promovido ao time principal em 2010, mas acabou tendo mais oportunidades no ano seguinte, sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari e chegou a ter um bom destaque durante o Campeonato Paulista de 2011.

No total, Patrik fez 103 jogos com a camisa do Palmeiras e marcou 12 gols. Ele fez parte do time campeão da Copa do Brasil do ano passado e durante muito tempo sofreu com a fama de ser um dos "protegidos do técnico Felipão", já que não tinha grandes atuações, mas mesmo assim era mantido pelo treinador na equipe alviverde.

Patrik, inclusive, deve atuar nesta quarta-feira, contra a Francana, pela Série A3 do Campeonato Paulista, no estádio Doutor José Lancha Filha, em Franca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPatrik

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.