Lindsey Parnaby/EFE
Lindsey Parnaby/EFE

Meia português pede uso do VAR após erro que prejudicou City na Liga dos Campeões

Jogador fez a solicitação após sua equipe ser prejudicada no jogo contra o Liverpool pela Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2018 | 10h30

O meio-campista português Bernardo Silva pediu para a Uefa introduzir a arbitragem de vídeo (VAR, na sigla em inglês) a partir da próxima edição da Liga dos Campeões. O jogador fez a solicitação depois de o seu time, o Manchester City, ter sido prejudicado por um erro da arbitragem na partida em que foi derrotado por 2 a 1 pelo Liverpool, em casa, na última terça-feira, e foi eliminado da competição continental.

+ Gabriel Jesus critica gol anulado, mas admite que City jogou mal nas quartas

No caso, a equipe teve um gol não validado, em erro cometido pela arbitragem, no final do primeiro tempo do confronto no Etihad Stadium, em Manchester, quando vencia o confronto por 1 a 0. Revoltado com o erro, o técnico Pep Guardiola chegou a ser expulso no intervalo da partida pelo árbitro espanhol Antonio Mateu Lahoz, alvo de reclamações duras do comandante, indignado com o impedimento que foi marcado de forma errada. No lance, Sané marca após receber uma bola que foi rebatida para trás por Milner, do Liverpool, após o goleiro Karius socar a bola para tentar afastar o perigo.

Bernardo Silva, que vinha se destacando no duelo até aquele lance, se manifestou por meio de suas redes sociais para sugerir o uso do VAR na Liga dos Campeões. O jogador fez o pedido de forma sutil e sequer citou o erro capital da arbitragem, mas logicamente falou sobre o assunto por causa do impedimento assinalado erradamente.

"Obrigado a todos (torcedores) pelo apoio e incrível atmosfera nesta noite! Nós demos tudo que podíamos, então não há arrependimentos. No próximo ano nós vamos voltar (à Liga dos Campeões) e tentaremos de novo. Parabéns ao Liverpool e boa sorte nas semifinais. Agora nós vamos conquistar o Campeonato Inglês e terminar a temporada com um título", escreveu Bernardo em sua página no Instagram.

Em seguida, o meia português ressaltou: "Vocês (da organização) da Liga dos Campeões poderia começar a usar o VAR na próxima temporada? Poderia seja útil".

Apesar das reclamações com a arbitragem, o City foi eliminado pelo Liverpool com duas derrotas nas quartas de final da Liga dos Campeões. Primeiro foi superado por 3 a 0 no confronto de ida do mata-mata, fora de casa, e depois acabou levando uma virada e caiu por 2 a 1 no jogo de volta, na última terça-feira, em Manchester.

Assim, agora restou ao time se concentrar no Campeonato Inglês, no qual voltará a jogar neste sábado, contra o Tottenham, em Londres, pela 33ª rodada da competição. Com 13 pontos de vantagem sobre o vice-líder Manchester United, a equipe de Guardiola possui chance matemática de ser campeã já neste final de semana. Para isso, porém, precisa ganhar na capital inglesa e contar com um tropeço do time de José Mourinho contra o West Bromwich, no domingo, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.