Meia sul-africano exige motivação e aposta em milagre

Depois de perder por 3 a 0 para o Uruguai, a África do Sul ficou em situação difícil no Grupo A. Precisa vencer a França e torcer para que uruguaios e mexicanos não empatem, além de reverter grande desvantagem no saldo de gols. Apesar do panorama complicado, o meia Teko Modise exigiu motivação dos companheiros apostando em um milagre na última rodada da fase de grupos.

AE-AP, Agência Estado

19 de junho de 2010 | 09h43

"Precisamos fazer nosso melhor e esperar por um milagre na outra partida", afirmou o jogador do Orlando Pirates neste sábado. "Para nós, é uma questão de honra. Realmente queremos ir bem contra a França".

Modise revelou ainda que a alegria está de volta à seleção sul-africana. "Nosso espírito já voltou ao normal. No dia seguinte à derrota, começamos a falar sobre o jogo contra a França. Agora, todos já estão felizes novamente", garantiu. África do Sul e França têm um ponto no Grupo A, três a menos do que México e Uruguai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.