Meio-campista alemão Schneider anuncia fim da carreira

O meio-campista alemão Bernd Schneider, que defendeu a seleção do país nas Copas do Mundo de 2002 e 2006, anunciou nesta sexta o fim de sua carreira no futebol profissional. Aos 37 anos, ele sofre de um problema crônico na coluna.

AE-AP, Agencia Estado

26 de junho de 2009 | 08h34

"Foi muito difícil para que eu tomasse essa decisão, mas tenho responsabilidades com a minha família, então estou acatando o conselho dos meus médicos", afirmou o jogador. O Bayer Leverkusen, equipe que Schneider defendeu até a última temporada, já aceitou o pedido do jogador.

Schneider começou a carreira profissional aos 20 anos, no Carl Zeiss Jena, atualmente na terceira divisão alemã. Cinco anos depois, chegou ao Eintracht Frankfurt. Ele estava no Bayer Leverkusen desde 1999.

O meio-campista fez 35 gols em 263 jogos na primeira divisão nacional, e disputou 81 partidas pela seleção, onde marcou quatro vezes. Foi dele o oitavo gol no massacre de 8 a 0 sobre a Arábia Saudita, na primeira fase da Copa do Mundo de 2002.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAlemanhaBernd Schneider

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.