Melhor defesa, Coritiba tenta segurar ataque do Grêmio para voltar a vencer

Time paranaense vêm de três empates e busca se aproximar dos líderes da competição

Estadão Conteúdo

22 de junho de 2017 | 08h06

A missão do Coritiba não é das mais fáceis nesta quinta-feira. Ainda assim, apostando em sua sólida defesa, o time paranaense espera surpreender o Grêmio, às 21 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

O duelo, aliás, traz um interessante duelo entre propostas bem diferentes de jogo. O Coritiba, afinal, é a melhor defesa da competição com apenas quatro gols sofridos, enquanto que o Grêmio marcou 21 e tem o melhor ataque.

Manter o bom desempenho defensivo, aliás, será fundamental ao time paranaense para voltar a vencer na competição. Com 15 pontos, quatro atrás do vice-líder Grêmio, a equipe não ganhou nenhuma de suas últimas três partidas - empatou com o Botafogo no Rio, por 2 a 2, e em casa contra Corinthians e Bahia, ambas por 0 a 0.

E, com o elenco praticamente completo, a confiança é grande em voltar a vencer mesmo atuando em Porto Alegre. "Estamos mostrando que temos capacidade de brigar lá em cima. Eu acho que nós temos que manter o mesmo ritmo, a linha de quatro está bem", avaliou o zagueiro Márcio. "Temos que ir com esse mesmo pensamento, bloqueá-los do melhor jeito possível".

O único desfalque confirmado será o atacante Neto Berola, que sofreu uma entorse no tornozelo e não foi relacionado. Suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por sua vez, o atacante Kleber viajou com o elenco e aguardará o julgamento de um pedido de efeito suspensivo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibaCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.