Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Melhorar o desempenho como visitante é o objetivo do Palmeiras

Time teve aproveitamento de 40,74% fora de casa no primeiro turno

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2015 | 07h00

O objetivo do Palmeiras nas últimas rodadas do primeiro turno do Campeonato Brasileiro era acabar entre os quatro primeiros na classificação. O time ficou em quinto, com 31 pontos, dois a menos que o quarto colocado. Faltou pouco. Neste domingo, a equipe estreia no segundo turno diante do Atlético-MG com um novo foco bem determinado pelo técnico Marcelo Oliveira: Melhorar o desempenho fora de casa.

Em nove partidas no primeiro turno, o time teve três vitórias, dois empates e quatro derrotas como visitante, o que dá um aproveitamento de 40,74%. "Existe uma expectativa muito grande para começar o turno e termos uma sequência boa de jogos, para trazermos pontos fora de casa", disse o treinador, que chegou no meio da competição e espera conseguir recuperar os pontos perdidos por erros individuais tanto dentro como fora de seus domínios. 

"Temos de ter consciência de que descuidamos em alguns momentos e poderíamos estar melhor. Mesmo quando ganhamos, precisamos ajustar o time, porque não estamos saindo satisfeitos com a produção da equipe. Temos que ter melhor posse de bola e poder de marcação", explicou o treinador. 

Para estrear com pé direito em seu novo objetivo, conseguir surpreender o vice-líder em casa seria algo para se comemorar. Para o treinador, o Palmeiras enfrenta neste domingo o melhor time das 19 rodadas do Brasileiro. 

"Foi o time que melhor jogou no primeiro turno. Ataca e marca bem. Dentro de casa é um time muito intenso, mas recentemente teve uma queda de rendimento um pouco acentuada nas últimas rodadas, mas continua sendo uma equipe bastante complicada", analisou Marcelo Oliveira.

Com os desfalques de Victor Ramos, Robinho, Gabriel e Arouca, o Palmeiras deve encarar o Atlético-MG com Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral, Andrei, Cleiton Xavier, Zé Roberto (Rafael Marques) e Dudu; Alecsandro.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.