Darko Bandic/AP Photo
Darko Bandic/AP Photo

Melhor em campo, Forsberg se emociona com classificação da Suécia às quartas

'Significa muito para mim ter buscado a vitória novamente desse jeito extraordinário', declarou o meia

Estadão Conteúdo

03 Julho 2018 | 14h18

O meia Forsberg marcou o gol da vitória da Suécia por 1 a 0 sobre a Suíça e foi eleito o melhor jogador da partida desta terça-feira, em São Petersburgo. O camisa 10 foi a principal referência de sua equipe, articulou as principais jogadas de ataque e ainda salvou uma bola na linha do gol, que seria o empate dos suíços.

+ Recuperado, Douglas Costa treina e vai reforçar a seleção contra a Bélgica

+ Suécia bate a Suíça e volta às quartas de final da Copa após 24 anos

+ Suárez minimiza laços de Griezmann com Uruguai: 'Não tem o sentimento uruguaio'

"Significa muito para mim ter buscado a vitória novamente desse jeito extraordinário. Não demos muitas chances para a Suíça, no final das contras. Ver o que estamos conquistando juntos me faz encher os olhos de lágrimas e me sentir muito orgulhoso", afirmou o atleta.

A Suécia vem surpreendendo a todos desde as Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo. Na fase de grupos, caiu em uma chave com França e Holanda. Conseguiu ir à repescagem e deixou os holandeses pelo caminho. No mata-mata para ir ao Mundial, despachou nada menos do que a tetracampeã Itália.

Na Rússia, caiu no grupo da Alemanha e conseguiu terminar em primeiro lugar, mandando os atuais campeões do mundo para casa mais cedo. Nesta terça-feira, em São Petersburgo, a equipe fez um bom jogo e avançou para as quartas de final.

 

Desde 1994, na Copa dos Estados Unidos, que os suecos não iam tão longe na competição. Na ocasião, foram eliminados nas semifinais para a seleção brasileira de Romário, que chegaria ao tetra. A Suécia ainda garantiu o terceiro lugar.

"Se jogarmos da maneira certa, sabemos que podemos ser realmente bons na defesa e no ataque. Estamos nas quartas de final agora e isso prova que estamos fazendo alguma coisa muito bem", emendou Forsberg.

A Suécia volta a campo no próximo sábado, às 11h (de Brasília), em Samara, para enfrentar o vencedor do confronto entre Colômbia e Inglaterra, que jogam ainda nesta terça-feira, às 15h, em Moscou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.