Melhora estado de saúde de Azcurra

Melhorou o estado de saúde do zagueiro Carlos Azcurra - que no domingo teve o pulmão direito perfurado por uma bala de borracha disparada pela polícia, durante conflito registrado na partida entre seu time, o San Martin, e Godoy Cruz, pela segunda divisão do futebol argentino. De acordo com boletim médico divulgado nesta quarta-feira o quadro clínico do atleta apresentou melhoria nas últimas horas, mas ainda inspira cuidados.Azcurra, de 28 anos, foi operado na noite de domingo e teve parte do pulmão extirpado. Os médicos avaliam que se ele sobreviver, dificilmente poderá voltar a jogar.O policial Marcial Maldonado, de 42 anos, foi identificado como autor do disparo que atingiu o jogador. Ele pediu desculpas formais à família e garantiu que foi um acidente. A mãe do atleta, Fanny de Azcurra, no entanto, não aceitou o pedido de desculpas. "Não quero nada de nada. Quero apenas que meu filho se recupere. Até quando eles (a polícia) vão se equivocar? Até quando vão pedir desculpas? O policial diz ter 20 anos de experiência mas atuou como novato?, reclamou a mulher. Maldonado pode ser processado por tentativa de homicício.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.