Melhores de 2011: Melhor árbitro

Arbitragem está desprestigiada entre os jornalistas e ninguém levou o prêmio neste ano

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2011 | 12h58

SÃO PAULO - A arbitragem está desprestigiada entre os jornalistas. Depois de anos “batendo na trave”, a vitória da temporada foi para: ninguém! Isso mesmo - 29,13% dos votantes consideraram que nenhum profissional merecia o título de melhor juiz.

Dois árbitros, no entanto, estão com a reputação menos chamuscada. O paulista Wilson Seneme ficou em 2.º, à frente do gaúcho Leandro Vuaden. Mas, se levarmos em conta que a dupla foi protagonista de lances polêmicos nas rodadas finais - Vuaden não deu um pênalti a favor do Palmeiras contra o Vasco e Seneme validou um gol irregular do Atlético-PR no empate com o Cruzeiro -, a decisão dos votantes faz sentido.

Tudo o que sabemos sobre:
Melhores de 2011árbitro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.