Mena não treina e se junta a Michel Bastos como dúvida no São Paulo

O São Paulo pode ter dois desfalques para o jogo desta quarta-feira contra o Atlético-MG, no Morumbi, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O técnico Edgardo Bauza confirmou nesta terça que o meia Michel Bastos, com problema na coxa direita, e o lateral-esquerdo Mena, com lesão no tornozelo direito, podem ficar fora da partida e serem substituídos respectivamente por Wesley e Matheus Reis.

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

10 de maio de 2016 | 19h34

"É uma decisão que vou tomar uma hora, uma hora e meia antes do jogo. Quando chegarmos ao estádio vamos testar como eles se sentem e analisar como vamos começar a partida", disse Bauza. O argentino comandou o último treino para a partida no estádio do Morumbi no fim da tarde. Durante mais de uma o trabalho foi fechado aos jornalistas.

Michel Bastos trabalhou com o time reserva, junto com Lugano. Já Mena, passou parte da atividade sentado no banco de reservas, conversando com os médicos. O substituto do chileno pode ser um atleta que ainda não atuou em 2016. "Matheus Reis tem treinado bem. Ele não pode jogar antes porque não estava inscrito no Paulista, mas tem trabalhado. Se jogar, não vai ter nenhum problema", afirmou.

Matheus Reis pode ganhar a chance já que o reserva imediato de Mena, Carlinhos, sentiu lesão no treino de segunda-feira. Caso Michel Bastos não se recupere, o volante Wesley atuará como meia pelo lado direito e o atacante Kelvin será transferido pelo lado esquerdo para compor o esquema 4-2-3-1. "Vamos ter que estar muito atentos, porque temos que sair em busca do resultado. O Atlético-MG pode ser perigoso", comentou.

O provável time titular do São Paulo para o jogo será: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis (Mena); Hudson e Thiago Mendes; Wesley (Michel Bastos), Ganso e Kelvin; Calleri. A partida começa às 21h45.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.