PAUL ELLIS / AFP
PAUL ELLIS / AFP

Mendy, jogador do City, presta depoimento na Corte Inglesa e nega acusações de estupro: 'Inocente'

Lateral francês de 27 anos está afastado dos gramados desde dezembro; julgamento está marcado para o dia 25 de junho

Redação, Estadão Conteúdo

23 de maio de 2022 | 14h05

Nem todos os jogadores do Manchester City puderam comemorar o título inglês, conquistado no domingo. O lateral-esquerdo Benjamin Mendy, acusado de estupro por oito mulheres, teve de comparecer ao Tribunal de Chester, na Inglaterra, nesta segunda-feira, para prestar depoimento e se defendeu de todas as acusações dizendo-se "inocente".

O jogador de 27 anos está afastado do Manchester City desde o fim do ano passado quando acabou denunciado, até que seja julgado, dia 25 de junho, no Chester Crown Court. O clube aguarda um veredito do caso para definir qual destino dará ao francês.

O jogador responderá por estupro, agressão sexual e tentativa de estupro. As denúncias são referentes a crimes que teriam sido realizados em sua casa, na Inglaterra, entre outubro de 2018 e agosto de 2021.

Nesta segunda, Mendy foi questionado no Tribunal de Chester sobre as nove denúncias que correm na Justiça inglesa e respondeu "inocente" para todas. O francês responde por sete acusações de estupro, uma de agressão sexual e outra de tentativa de estupro.

O corréu Louis Saha Matturie, de 40 anos, também esteve no tribunal ao lado de Mendy, no qual seguiu o jogador e também se declarou inocente. Matturie é acusado por oito mulheres por estupro e agressão sexual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.