Mesmo após derrota, zagueiro crê em vaga de Honduras

O zagueiro Emílio Izaguirre, de Honduras, afirmou neste sábado que "só pensa em vencer a Suíça", na terceira e última partida pelo Grupo E da Copa do Mundo, e torcer para uma classificação, mesmo que as chances sejam pequenas. "Estamos conscientes de que temos mais uma oportunidade. Temos que aproveitar o jogo contra a Suíça porque sabemos que ainda dá para passar às oitavas", disse o jogador, em entrevista coletiva antes do treino em Porto Feliz, no interior de São Paulo.

AE, Agência Estado

21 de junho de 2014 | 18h46

Izaguirre lamentou a derrota por 2 a 1 diante do Equador, na última sexta-feira, em Curitiba, e garantiu que todos os atletas lutaram até o último minuto. "Agora temos que ter fé em Deus para conseguir um grande resultado", completou.

Sobre a polêmica em sua substituição, quando abandonou o campo com um semblante mal-humorado, o defensor do Celtic negou ter ofendido o treinador, o colombiano Luis Fernando Suárez. De acordo com o jogador, apenas não gostou de ter sido sacado. "Que não busquem problemas onde não tem. Não tenho nenhum problema com (Luis Fernando) Suárez, tenho minha consciência tranquila", explicou.

Precisando fazer um bom placar e ainda que a França vença o Equador com um saldo razoável, Honduras enfrenta a Suíça às 17 horas (de Brasília) desta quarta, na Arena Amazônia, em Manaus.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolHonduras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.