Mesmo após punição, Mourinho volta a se envolver em polêmica com arbitragem

Nem uma recente punição imposta pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) parece frear as críticas de José Mourinho aos árbitros. Agora o treinador do Chelsea classificou o juiz do último jogo do Chelsea na Liga dos Campeões da Europa como "fraco e ingênuo" e o comparou com o árbitro responsável por uma polêmica recente na Copa do Mundo de Rúgbi.

Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2015 | 13h20

Mourinho fez seus comentários em entrevista ao canal de TV britânico BT Sport. E eles foram relativos ao árbitro esloveno Damir Skomina, que não marcou um pênalti para o Chelsea no empate por 0 a 0 com o Dínamo de Kiev, em partida disputada na Ucrânia.

O treinador português foi multado na semana passada em 50 mil libras (aproximadamente R$ 304 mil) pela FA, que também aplicou um gancho de um jogo, que só será cumprido se ele voltar a infringir as regras, em razão das suas críticas a um árbitro após ele não marcar um pênalti para o Chelsea na derrota por 3 a 1 para o Southampton em partida válida pelo Campeonato Inglês e disputada no início de outubro.

Em tom irônico, Mourinho declarou que a arbitragem de Skomina foi "muito boa", exceto pelo pênalti que não assinalou. Ele comparou o esloveno ao árbitro sul-africano Craig Joubert, que foi amplamente criticado na Grã-Bretanha por sua decisão de marcar uma penalidade que impediu a Escócia de superar a Austrália nas quartas de final da Copa do Mundo de Rúgbi na semana passada.

"Acho que (Skomina) cometeu um erro e, por exemplo, na Copa do Mundo de Rúgbi, acho que o árbitro no jogo da Escócia foi muito bom, mas ele cometeu um erro e por causa desse erro a Escócia está chorando", disse Mourinho, se referindo a Joubert, que foi publicamente criticado por sua decisão pela Federação Internacional de Rúgbi e acabou não sendo selecionado para trabalhar nas semifinais da Copa do Mundo.

Sob o comando de Mourinho, o Chelsea faz uma temporada ruim. O time londrino é apenas o 12º colocado no Campeonato Inglês e está em terceiro lugar no seu grupo na Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.