Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Mesmo com a vitória no clássico, Fábio Carille vai mudar o Corinthians

Treinador não ficou satisfeito com a maneira como o time recuou na segunda etapa

Gonçalo Júnior, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2019 | 04h30

Mesmo com a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, fora de casa, o técnico Fábio Carille prevê mudanças na escalação do Corinthians para as próximas partidas. O treinador não ficou satisfeito com a maneira como o time recuou na segunda etapa, quando foi pressionado pelo rival e deu apenas um chute a gol.

O próximo jogo será na quinta-feira, às 21h, contra o Ferroviário, no estádio do Café, em Londrina, pela primeira fase da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Paulista, o time volta a campo no dia 10, próximo domingo, para enfrentar o Novorizontino, fora de casa. Na segunda seguinte, estreia na Copa Sul-Americana diante do Racing, na Arena Corinthians.

"Temos de continuar trabalhando. O jogo é quinta, tem três dias para preparar. É um mês que já sabíamos: Novo Horizonte, Argentina... Ainda não pensei na sequência. Fiz o jogo para hoje (sábado). Mas é uma equipe que ficou muito atrás, temos de buscar um equilíbrio maior. Então, deve ter mudanças", afirmou o treinador em entrevista coletiva no Allianz Parque.

"O que eu discuti muito com minha comissão é ter humildade e reconhecer que estamos sem conjunto de jogo. Tivemos essa humildade e reconhecimento. É um início. É uma vitória que dá moral, mas precisamos melhorar nosso jogo", completou o treinador.

O técnico as mudanças que deve fazer. Na partida deste sábado, ele trocou Ramiro por Richard, Jadson por Pedrinho e Mateus Vital por Gustavo Silva. Ele deu a entender que deve dar oportunidades para Vagner Love, que não entrou no clássico embora esteja com a documentação regularizada e bem preparado fisicamente. "Ele tem experiência e está bem fisicamente. Pode ser utilizado com os mais novos, como foi o caso do Sheik", comparou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.