Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Mesmo com desfalques, Jesus diz que Flamengo não mudará estilo de jogo no Equador

Técnico português afirmou que disputar a Libertadores foi determinante para aceitar a proposta do time carioca

Redação, Estadão Conteúdo

23 de julho de 2019 | 16h18

O Flamengo encara nesta quarta-feira o Emelec, no Equador, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O time carioca terá desfalques importantes para a partida no estádio George Capwell, na cidade de Guayaquil, mas o técnico português Jorge Jesus garante que isso não vai obrigá-lo a mudar o estilo de jogo da equipe.

As baixas são o uruguaio Arrascaeta, o meia Éverton Ribeiro e o atacante Vitinho. "O fato de ter alguns jogadores lesionados não nos vai fazer mudar a forma de jogo. Trabalhamos todas da mesma maneira. Temos de seguir em frente com os jogadores que temos e não estou muito preocupado com isso", disse o treinador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva antes do último treinamento antes da partida.

"Não mudamos o conceito da ideia, mas muda o conceito de entendimento. Os jogadores não são iguais, óbvio. Trabalhamos uma ideia coletiva, mas quando você tem jogadores com maior interferência nisso fica mais fácil. Temos que saber gerir para que as coisas funcionem", ressaltou.

O português fará a sua estreia na Libertadores. O comandante rubro-negro admitiu que disputar a competição sul-americana não estava entre seus sonhos profissionais, mas disse que a disputa do torneio foi determinante para aceitar o convite do Flamengo.

"Se alguma vez eu pensava estar na Libertadores, não pensava. Minha vida é 'champions' (Liga dos Campeões da Europa), mas Libertadores é a 'Champions' da América Latina. Foi um dos motivos que aceitei o Flamengo, participar desta competição. Entra em um currículo que já tenho", afirmou.

Jorge Jesus foi questionado também sobre a contratação do lateral-esquerdo Filipe Luís, que foi oficializado nesta terça-feira, e mkostrou empolgação com o reforço. "Filipe Luís é um jogador da seleção brasileira, com um histórico que todo mundo conhece, não precisa de apresentação. No futebol, temos de mostrar todos os dias o nosso valor e o Filipe vai mostrar isso no Flamengo", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.