Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Mesmo com eliminação, Jair Ventura projeta Santos competitivo na temporada

Treinador defende Diogo Vitor, jovem de 21 anos que perdeu pênalti na semifinal

Estadão Conteúdo

28 de março de 2018 | 08h14

O Santos não conseguiu se classificar à final do Campeonato Paulista na noite de terça-feira, mas a atuação da equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras, no jogo de volta das semifinais do Campeonato Paulista, recebeu elogios do técnico Jair Ventura e deu esperança ao treinador. Na sua avaliação, mesmo com a derrota por 5 a 3 na disputa de pênaltis, a equipe mostrou durante o duelo no estádio do Pacaembu que pode ser competitiva na sequência da temporada.

+ Gabriel diz que Santos deve ter 'orgulho' e defende Diogo Vitor após erro

"Vencemos a equipe com maior orçamento do Brasil, uma equipe que tem praticamente três times, com a torcida a favor. Fazendo uma projeção para o ano, em que vamos só encarar grandes equipes, o Santos mostrou que pode ser competitivo", avaliou o treinador após o confronto decisivo pelas semifinais do Paulistão.

O Santos fez uma campanha bastante irregular no Paulistão, com apenas 18 pontos somados nos 12 jogos da primeira fase. Depois, nas quartas de final, avançou na disputa de pênaltis após duas igualdades em 0 a 0 com o Botafogo de Ribeirão Preto. Já no confronto com o Palmeiras, perdeu o primeiro duelo por 1 a 0 e venceu o segundo por 2 a 1.

A igualdade no somatório do placar dos dois compromissos levou a definição do confronto aos pênaltis. O meia-atacante Diogo Vitor acabou sendo o "vilão" santista ao desperdiçar a sua cobrança, que foi defendida pelo goleiro palmeirense Jailson.

Após se envolver em diversos problemas disciplinares, o jogador, de 21 anos, recebeu chance de Jair nesta temporada, tendo renovado o seu contrato até 2021. E na sua entrevista coletiva, ele fez questão de dar força ao jovem meia santista. "A gente ganha e perde juntos. Bola para frente, ele tem cabeça boa", disse.

Após a queda nas semifinais do Paulistão, o Santos volta a treinar nesta quarta-feira, às 15 horas, no CT Rei Pelé. O próximo compromisso do time será em 5 de abril, na Argentina, diante do Estudiantes, pela terceira rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.