Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Mesmo com garotos, Flamengo vence o Volta Redonda na estreia pelo Carioca

Rubro-negro não sente a falta dos titulares em vitória por 2 a 0, fora de casa

Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2018 | 00h14

Com uma atuação sólida e sem sustos, o Flamengo começou o Campeonato Carioca vencendo. Com os principais jogadores em pré-temporada, a equipe mandou a campo os garotos nesta quarta-feira e derrotou o Volta Redonda por 2 a 0, no estádio Raulino de Oliveira, casa do adversário. Lucas Silva e Pepê anotaram os gols.

+ Dirigente do Hamburgo descarta liberação de Walace para o Flamengo

+ Varejão acerta com Flamengo e volta ao Brasil após 13 temporadas na NBA

Com o resultado, os flamenguistas assumiram a liderança do Grupo B, com três pontos, enquanto o Volta Redonda ocupa a lanterna. O Flamengo foi o primeiro grande carioca a vencer no Estadual. O Botafogo, que estreou na última terça-feira, empatou com a Portuguesa, por 2 a 2, e o Fluminense perdeu para o Boavista, por 3 a 1, nesta quarta. O Vasco fecha a primeira rodada nesta quinta-feira contra o Bangu.

Com um time recheado de meninos, a grande novidade do Flamengo para a estreia da temporada 2018 estava no banco de reservas. Campeão mundial com o time da Gávea em 1981, Paulo César Carpegiani reestreava no comando da equipe. Ele mandou a campo muito jovens, alguns de apenas 16 anos, como o lateral-esquerdo Ramon. O único "veterano" era o volante Jonas, emprestado para Ponte Preta e Coritiba, nas últimas duas temporadas.

Com a bola rolando, a meninada do Flamengo não sentiu a pressão da estreia e fez um jogo bastante equilibrado. Um dos jovens mais à vontade foi Lucas Silva. O atacante não se escondeu do jogo e acabou premiado com um gol logo aos 34 minutos. Em contra-ataque, ele carregou a marcação e finalizou cruzado, sem chances de Douglas Borges. A comemoração do primeiro gol como profissional não poderia ter outra: lágrimas.

O Volta Redonda retornou para o segundo tempo assustando e carimbou o travessão no primeiro minuto em cobrança de falta de Marcelo. O Flamengo, no entanto, foi quem conseguiu balançar as redes no começo da segunda etapa. Aos cinco minutos, Pepê recebeu de Wendel e bateu de longe, acertando o ângulo e fazendo um belíssimo gol.

A equipe do interior se lançou à frente e deu espaço para o Flamengo chegar em contra-ataque. Jean Lucas e Wendel tiveram boas oportunidades, mas pararam em Douglas Borges. O Volta Redonda tentou crescer, só que os jovens flamenguistas souberam controlar bem o jogo e segurar a vitória.

Pela segunda rodada, o Flamengo volta a campo contra a Cabofriense, neste domingo, às 20h15, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, mais cedo, às 16h30, o Volta Redonda encara o Bangu, no estádio de Moça Bonita, também na capital carioca.

FICHA TÉCNICA

VOLTA REDONDA 0 x 2 FLAMENGO

VOLTA REDONDA - Douglas Borges; Luis Gustavo, Daniel, Bruno Costa e Michel Benhami; Bruno Barra, Marcelo e Rafael Granja (Vinícius Pacheco); Fabinho Alves, Dija Baiano e Anselmo (André Duarte). Técnico: Felipe Surian.

FLAMENGO - Gabriel Batista; Klebinho (Matheus Dantas), Thuler, Patrick e Ramon; Jonas, Ronaldo, Jean Lucas (Jajá) e Pepê (Hugo Moura); Lucas Silva e Wendel (Vitor Gabriel). Técnico: Paulo César Carpegiani.

GOLS - Lucas Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo. Pepê, aos cinco minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Luis Gustavo e Michel Benhami (Volta Redonda).

RENDA - R$ 105.000,00.

PÚBLICO - 4.340 pagantes (5.540 presentes).

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.