Mesmo com rival em crise, Barueri terá respeito no Rio

Artilheiro do Campeonato Brasileiro, ao lado de Adriano e Marcelinho Paraíba, com dez gols cada, Val Baiano não acredita em jogo fácil contra o Fluminense, neste domingo, às 16 horas, no Maracanã, pela 21.ª rodada. Para o atacante, a crise vivida pelo adversário não é um indício de que a partida será fácil.

AE, Agencia Estado

23 de agosto de 2009 | 08h54

"O Fluminense vive um momento delicado, mas merece muito respeito. Tem jogadores experientes com passagens por grandes clubes. Por isso temos que ficar atentos porque eles podem reverter a situação a qualquer momento", afirmou o atacante, garantido na equipe titular após marcar um dos gols da vitória sobre o Sport.

Em relação ao jogo passado, o Barueri terá algumas mudanças como o retorno do goleiro Renê, após cumprimento de suspensão. Márcio volta para o banco de reservas. Em compensação, não jogam o zagueiro Leandro Castán e o volante Éverton, ambos suspensos. Daniel Marques deve assumir o posto na defesa, enquanto o lateral Marcos Pimentel voltará. Assim, João Vítor retorna ao meio de campo como um volante de marcação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBarueri

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.