John Sibley/ Reuters
John Sibley/ Reuters

Mesmo com Rússia fora da Copa das Confederações, técnico vê time no caminho certo

Equipe anfitriã foi eliminada neste sábado ao perder de virada por 2 a 1 para o México

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2017 | 18h38

O técnico da Rússia, Stanislav Cherchesov, considerou positiva a participação da sua equipe na Copa das Confederações, apesar da eliminação precoce dos anfitriões, que caíram ainda na primeira fase após a derrota para o México, neste sábado, por 2 a 1, de virada, em Kazan.

"Até certo ponto, estou feliz com os três jogos. Hoje (sábado), jogamos mais como no segundo tempo contra Portugal (empate por 2 a 2). Estamos indo na direção certa", enfatizou o treinador, em entrevista coletiva após a partida, demonstrando otimismo quanto ao papel da Rússia na Copa do Mundo que o seu país sediará no ano que vem.

Cherchesov avaliou que os seus comandados iniciaram bem a partida e poderiam ter melhor sorte, mas lamentou o segundo gol da seleção mexicana, após uma falha grotesca do goleiro Akinfeev, e a expulsão do meio-campista Zhirkov, na segunda etapa do duelo com o México.

"Foi um jogo interessante. Precisávamos vencer e por isso nos aplicamos ao máximo nos primeiros minutos para abrir o placar. Conseguimos, mas infelizmente marcaram e nós não reagimos como deveríamos. Parabenizo a equipe. Eles fizeram o que podiam nessa situação", afirmou Cherchesov.

O treinador também descartou a hipótese de deixar o comando da seleção russa após o fracasso na Copa das Confederações. "Tenho trabalhado com muito prazer e seguirei trabalhando", garantiu Cherchesov.

Questionado sobre a possível saída do técnico, Vitaly Mutko, vice-primeiro-ministro e presidente da União de Futebol da Rússia, garantiu que, independentemente do resultado ruim na Copa das Confederações, Cherchesov seguirá à frente do selecionado nacional até o fim do Mundial de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.