Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Mesmo com time perto da degola, zagueiro exalta boa fase da defesa do Cruzeiro

Fabrício Bruno foi titular da equipe em nove dos dez jogos de invencibilidade da equipe no Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2019 | 18h29

Sem derrotas há 10 rodadas no Campeonato Brasileiro - três vitórias e sete empates -, o Cruzeiro continua em sua luta para fugir do rebaixamento à Série B, o que seria inédito. A boa fase do setor defensivo, que levou apenas cinco gols neste período, contrasta com a situação do time, mas foi exaltada pelo zagueiro Fabrício Bruno, titular da equipe em nove destes 10 jogos.

"O bom momento da defesa é fruto do trabalho de todos, a marcação começa lá na frente. Então, quanto menos a bola chegar lá atrás menos trabalho a gente vai ter ali atrás. Estamos todos nos empenhando ao máximo", afirmou o zagueiro, em entrevista coletiva nesta terça-feira, na Toca da Raposa II, enaltecendo o trabalho dos companheiros em campo.

Um dos motivos para o crescimento da defesa cruzeirense e o seu próprio, de acordo com Fabrício Bruno, foi a chegada do técnico Abel Braga, no final de setembro. Depois da derrota na estreia para o Goiás, o time mineiro engatou a série de 10 partidas sem perder até agora.

"Grato ao Abel Braga e ao próprio Léo (companheiro de zaga), que tem me dado muitos conselhos. Respeito bastante todos os jogadores. Mas estou feliz pela fase, minha maior sequência de jogos desde que subi das categorias de base", disse o defensor.

Com 35 pontos, o Cruzeiro está na 16.ª colocação, a primeira fora da zona de rebaixamento. O próximo jogo será contra o lanterna Avaí, na segunda-feira, em Belo Horizonte. Fabrício Bruno sabe que o único resultado que interessa é a vitória.

"A gente sabe que precisa vencer, se tivéssemos feito mais alguns pontos em casa estaríamos em situação mais tranquila. Mas estamos confiantes e contamos com o apoio da torcida. Agora não tem jogo fácil, o Avaí mostrou isso contra o Botafogo. Então temos de estar preparados. Vamos pensar jogo a jogo. Temos primeiro o Avaí, depois o Santos fora, em seguida CSA. E teremos times que estão brigando em cima", finalizou.

RENOVAÇÃO

Em reunião realizada nesta terça-feira com representantes do Desportivo Brasil, clube da cidade de Porto Feliz, no interior paulista, a direção do Cruzeiro concretizou a compra de mais 50% dos direitos econômicos do meia-atacante Mauricio, que foi convocado para amistosos da seleção brasileira sub-20. Com isso, o clube mineiro passa a ser dono de 60% dos direitos do atleta.

Com apenas 18 anos, o jogador já atuou oito vezes pelo time profissional com um gol marcado e agora teve o seu contrato renovado até dezembro de 2023. "Essa notícia representa muito para mim, um motivo de muita felicidade. Depois de mais de um ano trabalhando aqui, ver essa notícia, participar desse grande clube que é o Cruzeiro, o time que me deu chances, que me deu várias oportunidades. Espero o quanto antes retribuir essa confiança da diretoria e proporcionar alegria para essa torcida", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.