Mesmo com vitória, holandeses criticam atuação da seleção

Apesar de conquistarem a classificação antecipada às oitavas-de-final da Copa do Mundo da Alemanha, os jogadores holandeses não gostaram do desempenho da sua equipe na vitória por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim, nesta sexta-feira, em Stuttgart."Quando abrirmos 2 a 0 (de vantagem), estávamos jogando bem. Então, perdemos isto. Nós jogamos mal, mas temos que aprender a lição. A Costa do Marfim foi um adversário difícil. Eles sempre foram perigosos", analisou o meio-campista Mark van Bommel. "A nossa próxima partida será diferente", completou Rafael van der Vaart, que também elogio o desempenho dos rivais. "É uma equipe realmente muito boa. É incrível que eles tenham perdido duas vezes".Já o técnico Marco van Basten se mostrou "extremamente satisfeito" com a vaga à segunda fase. "Foi uma vitória difícil porque a Costa do Marfim tem uma equipe muito boa. Mas tenho que elogiar os meus jogadores, porque lutaram como deviam até o final", discursou. O ex-jogador disse também que não está preocupado com o confronto com a Argentina, na próxima quarta-feira. Os sul-americanos golearem a Sérvia e Montenegro por 6 a 0, também nesta sexta. "Eles (argentinos) possuem uma equipe muito forte. Essa goleada demonstrou a capacidade que possuem. Mas não creio que serei pressionado, pois confio no nosso futebol", comentou.Para garantir a primeira classificação no Grupo C, a equipe dos Países Baixos precisa superar os argentinos, pois estão atrás na tabela por causa do saldo de gols - sete contra dois. "Estamos felizes por termos conseguido a vaga mesmo com uma seleção repleta de jovens. Este é um grupo muito complicado e qualquer equipe poderia avançar. Não sabemos até onde podemos chegar, mas é claro que iremos enfrentar a Argentina para ganhar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.