Mesmo machucado, Fred está nos planos de Eduardo Baptista para o clássico

Mesmo depois de ter jogado claramente no sacrifico contra o Palmeiras e de seguir reclamando de dores no joelho e no tornozelo esquerdos, o atacante Fred segue nos planos do técnico Eduardo Baptista para encarar o Vasco, domingo, no Engenhão. O clássico é visto como fundamental para o Fluminense se reerguer após a eliminação na Copa do Brasil e por isso o treinador admite que escalaria o atacante novamente para jogar no sacrifício.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 20h08

"Se conseguirmos nas mesmas condições, acho que vale a pena. Se não tiver risco, vamos escalar. Mas temos que esperar. O que ele fez (jogar machucado contra o Palmeiras), poucos atletas fizeram. Foi o Fred homem, atleta", elogiou o treinador, nesta sexta-feira. "Ainda vamos esperar. Sabemos que é difícil porque ele foi além do limite. Mas jogador desse nível temos que esperar."

Fred não participou da atividade leve que os titulares fizeram no gramado das Laranjeiras dois dias após a derrota nos pênaltis em São Paulo. O atacante deixou o clube com uma proteção no joelho e não falou com a imprensa.

Se não puder contar com o artilheiro, Eduardo Baptista já avisou que tem algumas opções. "Temos outras cartas. Wellington Paulista, Magno Alves e Fred têm características diferentes. É definir qual será a mais interessante caso o Fred não possa jogar", disse o técnico, que também não poderá contar com o atacante Marcos Júnior, suspenso.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.