Luiz Henrique/Divulgação
Luiz Henrique/Divulgação

Mesmo na lanterna, Figueirense vence o Coritiba com 3 gols de Aloísio

Vitória por 3 a 1 sobre time de Marcelo Oliveira renova esperanças da torcida na luta contra o rebaixamento

JÚLIO CASTRO - Agência Estado, O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2012 | 18h40

FLORIANÓPOLIS - Com três gols do atacante Aloísio, o Figueirense se despediu da primeira metade do Campeonato Brasileiro com vitória, por 3 a 1, sobre o Coritiba neste domingo, em Florianópolis. A boa apresentação da equipe, principalmente no primeiro tempo, renovou a esperança da torcida na luta contra o rebaixamento.

O Figueirense foi comandado interinamente pelo técnico Abel Ribeiro, que deve ser efetivado no cargo. Foi a terceira vitória da equipe catarinense em 19 jogos, resultado que não tirou o time da lanterna, agora com 14 pontos. Já o Coritiba segue em 15.º lugar com 19 pontos.

Indiferente à critica situação no campeonato, o Figueirense apresentou-se com futebol convincente no primeiro tempo. Na largada, o atacante Aloísio começou a roubar a cena com atuação ofensiva, sempre com ajuda do companheiro de setor Caio e o meia Fernandes. Até fazer o grito de gol soar no estádio Orlando Scarpelli, foram pelo menos três chances desperdiçadas pelo Figueirense.

A mais importante aos 9 minutos, quando Caio, sozinho na área, chutou por cima do gol. Aloísio, que já havia desperdiçado duas chances, aos 3 e aos 13, abriu o placar aos 21, quando pegou um rebote de um chute na trave de Caio, livrou-se da marcação e chutou para o fundo. Quatro minutos depois, Caio se projetou pela direita e cruzou para Aloísio, livre, completar para o gol. O Coritiba, que apenas assistia o Figueirense jogar, no esforço do atacante Anderson Aquino descontou aos 32 numa dividida, com o goleiro Ricardo.

Com o gol, as ações se dificultaram para o Figueirense. O Coritiba apertou na marcação, porém com a posse de bola abusou da ineficiência dos passes proporcionando uma disputa concentrada no meio campo. Melhor para o Figueirense que soube valorizar o tempo e a vantagem construída no placar.

A segunda etapa foi caracterizada por um misto de jogadas ineficientes dos dois lados. O Figueirense até que entrou com o mesmo espírito no segundo tempo, tanto que fez o terceiro gol aos 7 minutos. Novamente de Aloísio, que aproveitou, de "peixinho", preciso cruzamento de Fernandes pela esquerda.

O time catarinense volta a jogar em Recife na próxima quarta-feira, diante do Náutico, às 20h30. Já o Coritiba, às 19h30, recebe, no Estádio Couto Pereira, o Internacional.

FIGUEIRENSE 3 X 1 CORITIBA

FIGUEIRENSE - Ricardo; Elsinho, João Paulo, Edson e Hélder; Jackson, Túlio (Diogo), Caio e Fernandes; Claudinei e Aloísio (Roni). Técnico: Abel Ribeiro (interino).

CORITIBA - Vanderlei; Ayrton, Pereira, Escudero e Chico; Willian (Lincoln), Junior Urso (Eltinho), Robinho e Rafinha; Everton Ribeiro e Anderson Aquino (Rafael Silva). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Aloísio, aos 21 e aos 25 minutos do primeiro tempo, e aos 32 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Marcos André Gomes da Penha (ES).

CARTÕES AMARELOS - Jackson, Túlio, João Paulo (Figueirense); William, Lincoln (Coritiba)

CARTÃO VERMELHO - Everton Ribeiro (Coritiba).

RENDA - R$ 64.494,00.

PÚBLICO - 5.145 pagantes.

LOCAL - Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.