Mesmo na reserva, Anderson recusa deixar Manchester

Melhor ser reserva do Manchester United, um dos times mais tradicionais da Europa, do que estrela no Brasil. É este o pensamento do meia Anderson, que reafirmou, nesta quarta-feira, em entrevista ao site oficial do seu clube, que está feliz e não tem qualquer plano de deixar Old Trafford.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 18h12

"Todo mundo sabe que eu estou feliz aqui. Eu tive muitas lesões, mas nunca tirei o sorriso da minha cara. Eu tento ajudar o time o tempo todo. Esse sou eu. Quando eu quiser sair, terei que falar com o chefe (Alex Ferguson) antes. Não tenho qualquer desejo", disse ele.

O jogador descartou voltar ao Brasil e disse que, se for para trocar de clube, não quer escolher nenhuma equipe menor. "Os únicos lugares para os quais você pode ir depois de jogar aqui é para Madrid ou para Barcelona. Você não tem outra escolha. O nível do Manchester United é muito alto."

Nesta temporada, Anderson só foi titular em quatro jogos do Campeonato Inglês, atuando em 10 partidas. Como é reserva, só atua constantemente nas Copas da Inglaterra e da Liga Inglesa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester United

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.