Daniel Augusto Jr.| Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.| Ag. Corinthians

Mesmo sem jogar, Marlone recebe propostas e Corinthians não libera

Meia não atuou sob o comando de Cristóvão Borges

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2016 | 07h03

O meia Marlone vive uma situação curiosa na equipe do Corinthians. Desde a chegada do técnico Cristóvão Borges, o jogador não tem mais atuado e mesmo assim continua recebendo propostas e a diretoria corintiana não aceita liberá-lo. Sempre que perguntado sobre o assunto, o treinador assegura que ainda pretende contar com o jogador, embora admita que exista outros atletas à frente na disputa por oportunidades.

Cristóvão alega que Marlone teve dificuldades em sua chegada ao clube por causa de problemas físicos e acabou ficando para trás na disputa por posições. Recentemente, o treinador teve uma conversa com o atleta e lhe prometeu que daria uma chance em breve.

Paralelamente, clubes interessados no jogador procuram o clube com propostas. O Sport já fez duas tentativas, e o Atlético-PR e Internacional também tentaram o empréstimo, mas o Corinthians recusou todas as ofertas.

Existe, inclusive, a possibilidade de Marlone ficar no banco de reservas na partida contra o Internacional, domingo, no Beira-Rio. O meia Marquinhos Gabriel, um dos concorrentes do jogador, fez questão de elogiá-lo em entrevista coletiva. “Acho que Marlone é um grande jogador. Quem ganha com a entrada dele é o Corinthians, pois tem muita qualidade”, disse o jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.