Mesmo sem marcar gol, Di María é eleito o melhor da final em Lisboa

Argentino, do Real Madrid, somou vigor físico a qualidade e eficiência no gol de Bale

EFE

24 de maio de 2014 | 19h46

LISBOA - Sergio Ramos, Gareth Bale, Marcelo e Cristiano Ronaldo foram os autores dos gols do Real Madrid na vitória sobre o Atlético de Madrid na final da Liga dos Campeões, mas o eleito o melhor em campo na partida disputada neste sábado foi o meia Ángel Di María.

O argentino de 26 anos aliou vigor físico a qualidade e eficiência e se destacou no segundo gol do Real, marcado por Bale. Di María arrancou pela esquerda, deixou Juanfran e Miranda na saudade e chutou forte. O goleiro Courtois ainda defendeu, mas o galês cabeceou para a rede no rebote.

O meia sucede o holandês Arjen Robben, eleito o melhor em campo na decisão do ano passado, em que o Bayern de Munique bateu o Borussia Dortmund. Didier Drogba, Lionel Messi, Diego Milito e Xavi também tiveram a honra recentemente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.