Mesmo sem reforços, Palmeiras se reapresenta de cara nova

Mesmo sem muitos reforços confirmados, o Palmeiras começa 2007 de cara nova: recheado de jovens promessas e livre de jogadores que, um dia, já foram vaiados pela torcida. ?Perseguidos?, como o lateral Lúcio, o zagueiro Daniel, os volantes Marcinho Guerreiro e Claudecir e o atacante Washington foram excluídos pela diretoria - com a anuência do técnico Caio Júnior.?Respeito esses atletas e, por isso, não posso falar especificamente de algum deles. Mas é lógico que, para o time render bem, precisamos de um ambiente tranqüilo para trabalhar?, disse Caio Júnior, nesta quarta-feira, em seu primeiro dia de trabalho na Academia de Futebol do Palmeiras.O técnico quer trabalhar com até 30 atletas, e pelo menos um terço disso virá da base. O zagueiro David, o meia Marquinhos e o atacante Beto já foram promovidos e se juntam a outras ?pratas da casa? como Michael, Thiago Gomes, Francis e Cláudio. ?Não tenho medo de botar os garotos para jogar. Pelo contrário, adoro trabalhar com jovens da base?, diz Caio. ?São eles que darão retorno ao clube.?Em contrapartida, há uma série de jogadores ?encostados? - pertencem ao Palmeiras, mas não serão aproveitados por Caio e estão à espera de clubes interessados. No total, 12 jogadores estão nessa situação: André Cunha, Daniel, Lúcio, Claudecir, Ricardinho, Alex Afonso, Marcel, Muñoz, Cristian, Marcinho Guerreiro, Roger Bernardo e Thiago Treichel.Os quatro últimos chegaram a aparecer nesta quarta no CT, apesar de estarem fora dos planos de Caio. Com exceção de Cristian, os outros três até treinaram. ?Não podemos deixar esses jogadores parados. Cabe à diretoria ver o que fazer com eles?, disse Caio Júnior.Apostando em jovens e barrando jogadores que estão há muito tempo sem brilhar no clube, a diretoria espera reduzir em até um terço a folha de pagamento.A delegação do Palmeiras viaja no dia 11 para a cidade de Monte Sião, em Minas Gerais, para completar a sua pré-temporada. O time retorna para São Paulo no dia 15 e, três dias depois, estréia no Estadual diante do Paulista, em casa, no Palestra Itália.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.