Walter Bieri/EFE
Walter Bieri/EFE

Messi afirma que prioridade agora é ganhar a Copa do Mundo

Camisa 10 da seleção argentina disputará seu terceiro Mundial

Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

13 de janeiro de 2014 | 13h49

ZURIQUE - Com quatro Bolas de Ouro no currículo, Lionel Messi deixa claro: a prioridade agora é conquistar a Copa do Mundo pela seleção argentina neste ano no Brasil. "O que eu fiz no passado não me interessa. Só penso no que vem pela frente", disse. "Quero render bem com a seleção, conquistar a Copa. Isso é muito importante para todos os argentinos", disse.

"Jogar a Copa é diferente", disse Messi. "Vai ser difícil para todos. Espero que a Argentina va bem", insistiu.

O jogador que foi por anos acusado de não render pela seleção o mesmo que joga pelo Barcelona ainda usou uma conferência de imprensa na Fifa para a Bola de Ouro hoje para convocar os torcedores argentinos a viajarem ao Brasil. "Estaremos perto de casa e espero que muita gente va ao Brasil", disse.

A jogadora Marta não escondia hoje que seu pesadelo já tinha nome: ver Messi levantar a taça da Copa do Mundo. "Não gosto nem de pensar nisso. Seria um pesadelo", disse.

Cristiano Ronaldo aponta num "mundial competitivo". "Os melhores times e os melhores jogadores estarão no Brasil", disse. "O torneio tem tudo para ser uma grande Copa", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futinterCopa do MundoMessi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.