Messi ajuda o Barça a vencer; Ronaldo marca duas vezes pelo Real

O Barcelona conseguiu superar a viagem de último minuto de trem e ônibus para Pamplona e venceu o Osasuna por 3 x 0 no sábado e manteve a liderança por dois pontos no Campeonato Espanhol após a vitória do Real Madri sobre o Valencia por 2 x 0 no Santiago Bernabeu.

MARK ELKINGTON, REUTERS

05 de dezembro de 2010 | 11h44

Uma greve inesperada feito pelos controladores aéreos espanhóis fez o time treinado por Pep Guardiola chegar ao estádio Reyno de Navarra em cima da hora marcada para a partida, o que gerou um atraso de 50 minutos para o início do jogo.

Apesar do tempo limitado de preparação, Lionel Messi marcou duas vezes e Pedro faz um gol para garantir ao time campeão da temporada passada sete vitórias em sete partidas fora de casa.

Já o Real Madrid se recuperou da goleada de 5 x 0 no clássico contra o Barça no Camp Nou ao vencer o Valencia, mas só conseguiu o resultado após a expulsão aos 20 minutos do segundo tempo do meio-campista valenciano David Albelda.

Cristiano Ronaldo tranqüilizou o time de Madri com um gol aos 28 minutos do segundo tempo e, três minutos antes do apito final, marcou mais um para chegar ao seu 16o gol no Campeonato Espanhol nesta temporada.

O técnico do Real, José Mourinho, deixou Karim Benzema no banco e preferiu reforçar o seu meio-campo com a presença de Lassana Diarra e sofreu para abrir a defesa do Valencia. "O mais importante foi vencer um jogo difícil," disse Mourinho em entrevista.

Com o resultado, o Barça tem 37 pontos em 14 partidas, o Real tem 35 e o Valencia segue em quinto com 24 pontos.

O Atlético de Madri segue em má fase com a derrota por 2 x 0 para o recém-promovido Levante, o que significa três derrotas em uma semana para o time que conquistou a Liga Europa na temporada passada.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTESPANHOLBARCELONA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.