Daniel Ochoa De Olza/AP
Daniel Ochoa De Olza/AP

Messi brilha e Barcelona vira sobre o Spartak na Copa dos Campeões

A partida foi marcada ainda por dois gols de brasileiros, ambos da seleção de Mano Menezes

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2012 | 18h02

BARCELONA - Um dos principais favoritos ao título, o Barcelona teve uma estreia complicada na atual edição da Copa dos Campeões. Jogando em casa, o time catalão sofreu para vencer o Spartak Moscou, de virada, por 3 a 2. Lionel Messi, como de costume, foi o grande destaque da partida, ao marcar os dois gols que decretaram a reviravolta no placar.

A partida foi marcada ainda por dois gols de brasileiros, ambos da seleção de Mano Menezes. Daniel Alves marcou contra a própria meta no primeiro tempo e Rômulo, ex-Vasco, anotou o segundo gol do Spartak, que assustou a torcida espanhola presente no Camp Nou.

Com a vitória, o Barcelona despontou na liderança do Grupo G, com três pontos. Celtic e Benfica, que ficaram no 0 a 0 na Escócia, apresentam um ponto cada na chave, enquanto o Spartak segue zerado na tabela. Na próxima rodada, o time espanhol vai enfrentar o Benfica. O Celtic duelará com a equipe russa.

Nesta quarta, o Barcelona fez valer o favoritismo no início do jogo, ao se impor em campo com seu conhecido toque de bola. O domínio foi consolado com o gol de Tello, em bela finalização de fora da área, aos 14 minutos.

Mas o bom momento do anfitrião foi ofuscado por Daniel Alves. Aos 29, o lateral acabou mandando contra as próprias redes ao tentar desviar cruzamento da direita. A situação do Barcelona ficou mais difícil quando Rômulo escapou pela direita, entrou na área e bateu na saída de Valdés.

A virada obrigou o técnico Tito Vilanova a aumentar ainda mais o poder ofensivo do Barcelona na parte final do segundo tempo. Ele sacou Daniel Alves e Piqué para as entradas de Alexis Sanchez e Alex Song. Também trocou Tello por David Villa.

Assim, Mascherano e Adriano tiveram que segurar a defesa, enquanto o meio-campo catalão contava ainda com Fabregas, Xavi, Busquets, Pedro e Messi, o salvador dos anfitriões. Com tal poder ofensivo, o Barcelona não demorou para empatar com o primeiro gol do argentino, aos 27.

Com forte pressão, o Barcelona chegou à virada aos 35. De cabeça, Messi escorou cruzamento da esquerda e garantiu a primeira vitória dos catalães nesta edição da Copa dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.