Vincent West/Reuters
Vincent West/Reuters

Messi começa no banco, Barça só empata e perde 100%

Time catalão pode perder a liderança para o Atlético de Madrid nesta rodada

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 16h57

PAMPLONA - A maior sequência invicta do Barcelona na história do Campeonato Espanhol acabou neste sábado. Jogando com seu polêmico uniforme amarelo e vermelho - cores da Catalunha -, o Barça só teve Messi por pouco mais de 20 minutos, no segundo tempo, e não saiu de um empate sem gols com o Osasuna, em Pamplona, casa do rival.

Assim, o Barcelona perdeu os 100% de aproveitamento nesta nona rodada do Espanhol e pode também, pela primeira vez no campeonato, deixar a liderança. Isso porque o Atlético de Madrid joga na sequência contra o Espanyol, fora de casa, e pode assumir a ponta. O time de Diego Simeone, com 24 pontos, ainda tem 100% de aproveitamento e pode chegar aos 27 pontos. O Barça foi a 25.

Se Messi começou no banco de reservas, ainda se recuperando de uma lesão leve na coxa direita, o Barcelona comemorou a volta do seu capitão. Sem jogar desde março, quando lesionou o joelho e precisou passar por cirurgia, Puyol iniciou como titular neste sábado, quando Gerardo Martino escalou a zaga reserva: Montoya, Bartra e Adriano. Do meio para frente, praticamente força máxima, com Busquets, Xavi, Iniesta, Fàbregas, Neymar e Pedro. Jogando ao seu famoso estilo de toque de bola, o Barça dominou o primeiro tempo, mas pecou nas finalizações.

Na segunda etapa, Messi entrou no lugar de Xavi aos 28 e Tello na vaga de Pedro pouco depois. Mas o jogo continuou o mesmo, com chances sendo perdidas pelos catalães. O goleiro Andrés, porém, salvou o Osasuna, apenas o 16.º colocado, com sete pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.