Scott Heppell/AP
Scott Heppell/AP

Messi decide e Barça antecipa vaga nas oitavas; City também avança

Ausente do jogo do final de semana, argentino retorna e marca dois gols

Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2016 | 19h50

Com atuação decisiva de Lionel Messi, o Barcelona assegurou sua vaga na fase de mata-mata da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, ao derrotar o Celtic por 2 a 0, em Glasgow. O atacante argentino marcou os gols da partida, válida pela penúltima rodada do Grupo C. Manchester City e Borussia Mönchengladbach empataram por 1 a 1 na Alemanha, mas o time inglês ficou com a outra vaga por levar vantagem nos critérios de desempate.

Exibindo 12 pontos, o time catalão não pode mais ser alcançado pelos rivais, faltando ainda uma rodada a ser disputada nesta fase de grupos. O City, de Joseph Guardiola, tem oito e o Borussia, cinco pontos. A equipe inglesa avança porque no confronto direto com o rival alemão, primeiro critério de desempate, venceu um e empatou o outro jogo.

Já o Borussia, com o terceiro lugar garantido na chave, está garantido na Liga Europa. Na última rodada, o time alemão vai visitar o Barcelona, enquanto o City receberá o Celtic, ambos no dia 6 de dezembro.

O JOGO

Vindo derrota para o City, na rodada anterior, o Barça entrou em campo nesta quarta disposto a definir a vitória para sacramentar a vaga por antecipação. O time jogou com força máxima, com o trio Messi, Neymar e Luis Suárez em campo.

E, como é de costume, o argentino foi quem concentrou as ações ofensivas, tanto na armação quanto nas conclusões. Ele perdeu duas boas chances de gol, aos 15 e aos 18 minutos de jogo, antes de abrir o placar aos 23. Messi recebeu lindo passe de Neymar, uma enfiada rasteira pela esquerda, e só bateu rasteiro, dentro da área, no cantinho.

Daí em diante, o Barcelona controlou o jogo. Não brilhava, mas também não decepcionava. Seguia buscando o ataque, porém parava na boa defesa do Celtic. Tanto que, no segundo tempo, o time catalão precisou de um pênalti para chegar ao segundo gol. Suárez foi derrubado na área por Izaguirre e Messi converteu a penalidade, com chute no meio do gol, aos 10. Foi o 100º gol do argentino pelo Barça em competições internacionais.

Depois do segundo gol do Barça, Suárez se destacou, ao ser o protagonista das principais chances. Foram duas boas na trave, embora em uma delas estivesse impedido. O uruguaio só foi ofuscado por Neymar, que quase foi expulso por desentendimento com o lateral Lustig. Foram duas faltas seguidas, uma de cada, que geraram bate-boca e cartões amarelos para os dois.

Por precaução, o técnico Luis Enrique decidiu substituir o brasileiro, dando chance a Arda Turan. Com sorriso irônico, Neymar deixou o gramado vaiado pela torcida local. Enquanto o atacante saía, seu compatriota Marlon Santos entrava em campo, no lugar de Piqué. Foi a estreia do jogador, que pertence ao Fluminense mas está emprestado ao time espanhol, pela equipe principal. Com apenas 20 minutos em campo, Marlon teve uma atuação discreta.

Na Alemanha, o Borussia saiu na frente, com gol do brasileiro Raffael, aos 22 minutos de jogo. Mas, antes do intervalo, David Silva empatou para o Manchester City. Na segunda etapa, o brasileiro Fernandinho levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Com o resultado, o time de Guardiola sacramentou sua classificação antecipada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.