Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Messi desfalca novamente o Paris Saint-Germain e vira dúvida para jogo entre Argentina x Brasil

Convocado para os próximos jogos das Eliminatórias, craque argentino vem sofrendo com dores nos tendões da coxa e do joelho esquerdo

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2021 | 15h37

Depois de não ir a campo no empate por 2 a 2 contra o RB Leipzig na terça-feira, pela Liga dos Campeões, Lionel Messi também vai desfalcar o Paris Saint-Germain na partida deste sábado contra o Bordeaux, pelo Campeonato Francês. A ausência do craque argentino foi confirmada nesta sexta-feira pelo técnico Mauricio Pochettino. Com problemas na coxa e no joelho, o jogador também é dúvida para o duelo entre Argentina x Brasil, marcado para o dia 16 de novembro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. 

A partida diante do Bordeaux será a quarta em que o camisa 30 da equipe parisiense não entra em campo por causa de uma lesão depois dos duelos com o Metz e o Montpellier no final de setembro, quando machucou o joelho esquerdo. O craque argentino voltou a sentir a região na partida contra o Lille, no dia 29 de outubro, quando foi substituído no intervalo contra o Lille. 

Segundo a imprensa espanhola, o atacante de 34 viajou para Madri nesta quinta-feira para uma consulta na mesma clínica médica onde tratou uma ruptura de ligamentos do joelho esquerdo, em 2015. Segundo o corpo médico do Paris Saint-Germain, Messi vem sentindo um desconforto nos tendões da coxa esquerda e dores no joelho. 

Uma publicação do jornal francês Le Parisien sugere que o problema de Messi seja uma inflamação, causada por uma série de pancadas sofridas no duelo com o Lyon, no dia 19 de setembro, pelo Campeonato Francês. 

Mesmo sem estar 100% fisicamente, o capitão da seleção argentina foi convocado pelo técnico Lionel Scaloni, que deve aguardar até o último momento para saber se vai poder contar com o jogador. 

A Argentina volta a campo pelas Eliminatórias na próxima sexta-feira, dia 12, para enfrentar o Uruguai, em Montevidéu. Cinco dias depois, o time de Messi encara a seleção brasileira no no Bicentenário de San Juan. O time albiceleste é segundo colocado na classificação, com 25 pontos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.