Arquivo/AE
Arquivo/AE

Messi diz estar muito abaixo do nível de Maradona

'Diego é Diego e podem passar milhões de anos e será o maior da história para mim', disse o jogador do Barcelona

AE-AP, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 15h12

O astro Lionel Messi disse se considerar muito abaixo do nível futebolístico de Diego Maradona e afirmou que quando os jogadores da seleção argentina tiverem mais tempo para estar juntos, vão melhorar o nível da equipe.

"Diego é Diego e podem passar milhões de anos e será o maior da história para mim", afirmou o jogador do Barcelona, em uma entrevista nesta quinta-feira para a emissora argentina de rádio Metro 95.1.

"Eu tento fazer minha carreira, fazer minha história e tenho deixar na história algo bom que eu tenha feito. Não tento me parecer com Maradona nem busco. Sei que nem vou me aproximar dele, nem tampouco quero. O único que faço é jogar", disse, sobre as comparações feitas com o atual técnico da seleção argentina.

Quanto às críticas que recebe no seu país natal porque seu rendimento na seleção é abaixo do apresentado no Barcelona, ele afirmou que as condições dos times são bem diferentes. "É totalmente diferente jogar no Barcelona que ir à seleção. Não quero dizer que os companheiros daqui são melhores que os da seleção que tem os melhores do mundo, mas [na Argentina] não temos tempo para trabalhar, tudo é muito rápido: dois dias e partida, não dá tempo para se conhecer", explicou.

Messi disse que quando os jogadores estiverem "juntos, no grupo", e existir tempo para trabalhar, podem chegar "a mudar as coisas". "O que eu mais quero é render na seleção igual que no Barcelona. Sei que tive boas partidas, mas não estou no mesmo nível que no Barcelona. Mas vou tratar de mudar".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.