AFP
AFP

Messi diz que Barcelona não teria dinheiro para contratar Neymar

Craque argentino não acredita que reeditará dupla com o brasileiro no clube catalão

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2020 | 22h45

Mesmo se Neymar quisesse voltar ao Barcelona no ano que vem, dificilmente a transferência seria realizada, na opinião de Lionel Messi. Em entrevista a uma emissora da Espanha, o craque argentino disse que o clube catalão não teria dinheiro para comprar o brasileiro do Paris Saint-Germain.

Messi foi questionado pelo apresentador da emissora LaSexta se permaneceria no Barcelona caso Neymar fosse contratado. Ele sorriu e respondeu: "Vai ser difícil trazer jogadores porque falta dinheiro. Não há dinheiro. Há vários jogadores importantes para voltar a lutar por tudo e por esses jogadores que você tem que pagar caro. Eu ri porque você falou do Neymar, que deve ser caríssimo por tudo o que faz. Para comprar e pelo salário."

Em seguida, o apresentador deu a possibilidade de Neymar resolver abaixar o salário para retornar ao Barcelona. A opinião de Messi, porém, continuou igual. O argentino lembrou do valor que o clube catalão teria de pagar para o PSG.

"E como você paga o PSG pela transferência? Não é fácil, vai ser uma situação difícil para o novo presidente. Terá que ser muito inteligente, organizar tudo e fazer muitas mudanças para que tudo corra bem", disse Messi.

Na mesma entrevista, Messi afirmou ser "sortudo" por ter tido a oportunidade de trabalhar ao lado do técnico Pep Guardiola, hoje no Manchester City. Eles trabalharam juntos no clube catalão entre 2008 e 2012 e conquistaram vários títulos, incluindo o da Liga dos Campeões. A declaração elogiosa do craque argentino alimenta os rumores de que a parceria entre técnico e jogador pode ser restabelecida na próxima temporada, ao término do contrato de Messi com o Barcelona, em junho de 2021.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.