Yoan Valat/EFE
Yoan Valat/EFE

Messi diz que tinha dificuldade em fazer gols no começo da carreira

'Eu errava muito ou não tinha sorte', explica o astro argentino, que chegou a ouvir conselhos do então colega Samuel Eto'o

Redação, Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2019 | 12h08

Um dos maiores artilheiros das últimas décadas, Lionel Messi afirmou nesta quinta-feira que tinha dificuldades em balançar as redes no início de sua carreira. E disse que um conselho de Samuel Eto'o, então seu companheiro no Barcelona, o ajudou a encarar as dificuldades com tranquilidade.

"Eu errava muito ou não tinha sorte. Nos primeiros anos, me custava muito fazer gols. Lembro que Eto'o me dizia: 'o dia em que começar a fazer muitos gols, você será...", disse Messi, sem completar a frase, ao site da La Liga, que organiza o Campeonato Espanhol. "Eu tinha muitas chances e não aproveitava. Até que um dia a bola entrou."

Passadas as dificuldades iniciais, Messi deslanchou na carreira e hoje é o recordista de gols na história do Espanhol, com 432 gols. É o artilheiro da atual edição, com 13 gols em 13 jogos em que esteve em campo.

"Ser o maior artilheiro do campeonato diante do que significa o Espanhol é algo muito especial. Na verdade, acho que é um dos recordes mais lindos que tenho", declarou o atacante argentino, dono de seis Bolas de Ouro.

Apesar dos recordes e feitos na carreira, Messi disse que ainda se dedica aos treinos, principalmente nas cobranças de falta. "Fui melhorando o trabalho a cada treino. Ultimamente, percebo se o goleiro ou a barreira se movem antes, se dão um passo à frente ou não, como reagem... A verdade é que agora estudo um pouco mais."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.