AFA/Reproducao
AFA/Reproducao

Messi: 'Estou convencido que ganharei o Mundial e a Copa América pela seleção'

Atacante do Barcelona revela que estes são os sonhos que ainda não realizou

26 de dezembro de 2011 | 15h30

Depois de conquistar o Mundial de Clubes em cima do Santos de Neymar, Leonel Messi admite que já sonha em estragar a festa do Brasil na Copa de 2014. Em entrevista à associação argentina de futebol, o atacante do Barcelona admite que se ressente da ausência de títulos por seu país e mostra confiança em ser campeão mundial e da Copa América.

"Sair campeão do mundo e ganhar a Copa América. É o que falta e estou convencido que conseguirei", disse Messi, ao falar dos sonhos que ainda não conquistou. Alvo de críticas por conta da queda de rendimento quando atua com a camisa da seleção argentina, o atacante garante que não se incomoda com os comentários. "Tenho claro que não preciso mostrar nada, sempre estive disposto a jogar e será sempre igual."

A ausência de títulos pela Argentina contrasta com a fartura de troféus conquistados com o Barcelona: esntre os principais estão o tri na Copa dos Campeões e os dois Mundiais de Clube.  "Sinceramente não se pode comparar, não vale à pena. Aqueles que são e aqueles que não são do Barcelona admitem: é o resultado de um trabalho de muitos anos com os mesmo companheiros. A seleção, por outro lado, lamentavelmente ainda não conseguiu os resultados que queríamos", disse ele. "Houve muitos técnicos e começávamos do zero, e por lógica, cada uma chegava com sua planificação e mentalidade diferente."

Messi é o favorito para ser escolhido no início de janeiro, pela terceira vez consecutiva, o melhor jogador do mundo pela Fifa. Ele concorre com o meia espanhol Xavi, seu companheiro no Barça, e o atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.