AP Photo/Manu Fernandez
AP Photo/Manu Fernandez

Messi fratura o braço, para por 3 semanas e desfalca Barça contra o Real Madrid

Além do clássico, Messi também ficara fora do duelo contra a Internazionale, nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 20h10

O Barcelona confirmou na noite deste sábado que Lionel Messi desfalcará o time catalão por cerca de três semanas. O craque argentino teve constatada uma fratura no osso radial do braço direito e está fora das próximas partidas do time, incluindo o clássico contra o Real Madrid, marcado para o próximo domingo, no estádio Camp Nou, em Barcelona, pelo Campeonato Espanhol.

Além do clássico, Messi também ficara fora do duelo contra a Internazionale, nesta quarta-feira, também na Espanha, válido pela fase de grupo da Liga dos Campeões da Europa. Ao todo, o meia deve perder ao menos seis partidas.

Messi se machucou em um lance fortuito durante a vitória do Barcelona sobre o Sevilla por 4 a 2, neste sábado. Quando o time catalão já vencia por 2 a 0, com um gol dele e uma assistência para o outro tento de Phillippe Coutinho, o argentino se desequilibrou e caiu em cima do próprio braço.

Com expressão de dor, ele foi substituído por Dembélé e encaminhado ao centro médico Ciutat Esportiva de Sant Joan Despi, onde fez exames que precisaram a gravidade da lesão. O argentino tem 12 gols em 11 jogos na atual temporada.

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico Ernesto Valverde lamentou a ausência do jogador, reconhecendo que será uma baixa considerável, mas garantiu que o elenco é forte o suficiente para suprir o desfalque do melhor jogador do mundo cinco vezes.

"Nós sabemos o que ele nos oferece, o que o adversário pensa se Leo (Messi) está em campo. Temos que saber que ele não estará lá e vamos superar. Claro que vamos sentir sua ausência. Nós sabemos disso, mas temos recursos o suficiente para enfrentá-la", disse o treinador.

O Barcelona perdeu Messi, mas retomou a liderança do Campeonato Espanhol com o triunfo sobre o Sevilla e pôs fim a uma série de quatro jogos sem vencer. Agora, a equipe catalã lidera o torneio com 18 pontos, um a mais que o Alavés.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.