Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Messi recebe prêmio de melhor jogador da temporada na Europa

Argentino conquista o prêmio após vencer a Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

27 de agosto de 2015 | 14h42

O argentino Lionel Messi ganhou nesta quinta-feira o prêmio de Melhor Jogador do Ano na Europa, concedido pela Uefa, superando seu colega uruguaio do Barcelona, Luis Suárez, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. A cerimônia aconteceu logo após o sorteio dos grupos da Liga dos Campeões.

Messi foi eleito o melhor da Europa de acordo com votação que contou com 54 jornalistas das federações que compõem a Uefa. O argentino recebeu 49 votos, contra três para Suárez e dois para Cristiano Ronaldo, os outros dois finalistas na disputa.

"Gostaria de agradecer a todos, principalmente aos meus companheiros. Este troféu também pertence a eles. Nós somos um time que trabalha duro para conquistar nossos objetivos", comemorou o argentino, que liderou o clube catalão na busca pela tríplice coroa na temporada passada, com os títulos da Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol e Copa do Rei.

Messi fica com o troféu após levar o Barcelona ao título da Liga dos Campeões da última temporada. Ao lado de Neymar e Suárez, outro candidato à premiação, o time catalão derrotou a Juventus na final e conquistou a maior competição da Europa pela quinta vez na sua história.

É a primeira vez que um jogador fatura o bicampeonato do prêmio, criado em 2011, justamente quando o argentino obteve seu primeiro troféu. Andrés Iniesta levou no ano seguinte, Frank Ribéry foi o vencedor em 2013 e Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor em 2014. O meia argentino também já foi premiado quatro vezes como melhor jogador do mundo e acumula o troféu de melhor jogador da última Copa do Mundo, disputada em 2014.

Depois do trio finalista - Messi, Suárez e Cristiano Ronaldo -, a Uefa divulgou a colocação dos demais integrantes do Top 10 do prêmio. E Neymar ficou em quinto lugar, atrás do italiano Gianluigi Buffon, da Juventus.

O time italiano emplacou cinco jogadores nesta restrita lista. Além de Buffon, foram citados no Top 10: o italiano Andrea Pirlo (7º), o chileno Arturo Vidal (8º), o argentino Carlos Tevez (9º) e o francês Paul Pogba (10º). Completa a lista o belga Eden Hazard, do Chelsea (6º).

O troféu de melhor da Europa não foi o único conquistado por Messi nesta quinta. Ele também levou o prêmio de gol mais bonito pelo belo lance que protagonizou no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, contra o Bayern de Munique. Na jogada, ele deixou o zagueiro Jerome Boateng no chão e venceu o goleiro Neuer com uma cavadinha. 

OUTROS PRÊMIOS

O Barcelona também se destacou no prêmio de melhor defesa. Ter Stegen levou o troféu pela defesa dupla que fez na segunda partida da semifinal da Liga dos Campeões, contra o Bayern. No lance, Robert Lewandowski perdeu grande chance ao bater à queima roupa quase na marca do pênalti.

O goleiro do time catalão precisou fazer duas grandes defesas para parar o atacante. No primeiro momento, defendeu o forte chute. Mas a bola seguiu em direção ao gol e Ter Stegen saltou para fazer a nova defesa em cima da linha do gol. 

Na versão feminina do prêmio de melhor da Europa, a alemã Celia Sasic levou o troféu ao se destacar com a camisa do Malmö, da Suécia. A atacante obteve a conquista justamente em sua última temporada como jogadora profissional. Ela anunciou a aposentadoria em julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.