Reuters
Reuters

Messi manda mensagem para Maradona: 'Toda força do mundo. Um abraço de coração'

Atacante do Barcelona manifesta apoio ao ex-jogador argentino, que passou por cirurgia na última terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

04 de novembro de 2020 | 12h47

Lionel Messi usou as redes sociais, nesta quarta-feira, para mandar uma mensagem de apoio a Diego Maradona, submetido na noite de terça-feira, em Buenos Aires, a uma cirurgia por causa de um hematoma no cérebro. O atual treinador do Gimnasia La Plata tinha um coágulo acumulado na região subdural por causa de pancadas, segundo os médicos.

"Diego, toda a força do mundo. Minha família e eu queremos vê-lo bem o mais rápido possível", escreveu o jogador do Barcelona em sua conta no Instagram, juntamente com uma foto sua ao lado do lendário jogador. "Um abraço de coração", concluiu a mensagem.

Maradona foi o técnico da seleção argentina na Copa do Mundo de 2010 e dirigiu Messi naquela competição. Juntos, levaram a seleção até as quartas de final, quando foram eliminados pela Alemanha.

A intervenção em Maradona durou 1 hora e 20 minutos. Com 60 anos completados na última sexta-feira, Maradona foi internado na Clínica Ipensa, de La Plata, na última segunda-feira após se sentir mal e foi transferido para a Clínica Olivos.

Entre os possíveis fatores de risco para essa lesão estão a idade e o abuso de álcool. Na semana passada, Maradona mal comemorou o seu 60º aniversário porque já apresentava uma saúde debilitada.

O ex-jogador comia pouco, aparentava fraqueza e pouco participou da partida realizada também na sexta-feira entre o Gimnasia La Plata e o Patronato, pela Copa da Liga Profissional da Argentina. Maradona esteve presente somente nos 18 primeiros minutos e depois deixou o estádio.

Tudo o que sabemos sobre:
MessifutebolMaradona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.