Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Messi mantém ideia de deixar o Barcelona após conversa com Koeman, informa imprensa espanhola

Novo treinador do clube catalão afirmou, em sua apresentação, que tentaria convencer o atacante a permanecer no time

Reuters, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2020 | 12h29

Lionel Messi ainda deseja sair do Barcelona depois de se reunir com o novo técnico Ronald Koeman, de acordo com reportagens da mídia espanhola nesta sexta-feira, quando os quatro jornais esportivos dedicaram suas capas ao futuro incerto do argentino. O jornal mais vendido da Espanha, Marca, informou que o argentino disse a Koeman ser mais provável que ele deixe o clube do que permaneça, enquanto o AS afirmou na capa que Messi se vê saindo.

O jornal Mundo Deportivo, de Barcelona, disse que Messi “não vê seu futuro com clareza”, mas ressaltou que o capitão tem poucas esperanças de deixar o clube imediatamente devido à cláusula de liberação de 700 milhões de euros (R$ 4,7 bilhões).

Messi, que chegou ao Barça com 13 anos, marcou um recorde de 634 gols pelo time catalão em 730 partidas e também é o jogador mais vitorioso do clube com 33 troféus. Ele está a 37 jogos de igualar Xavi Hernández como o atleta que mais vestiu a camisa do clube na história.

Mas o jogador de 33 anos está no último ano de seu contrato com o clube e as dúvidas sobre seu futuro aumentaram desde a derrota histórica de 8 x 2 na semana passada para o Bayern de Munique na Liga dos Campeões, que o Barça não vence desde 2015. O Sport, publicação também sediada em Barcelona, falou sobre uma “primeira reunião de cúpula” entre o capitão e o treinador, acrescentando que Messi interrompeu as férias para se encontrar com Koeman.

O treinador holandês disse em sua apresentação na quarta-feira que deseja a permanência de Messi, embora não tenha mostrado tanta reverência ao jogador como alguns de seus antecessores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.