Messi marca dois e Barça estreia com goleada na Liga

O Barcelona deu nesta terça-feira a primeira demonstração de que seguirá como uma das equipes mais fortes da Europa na temporada que se inicia. Para se recuperar da derrota pelo Campeonato Espanhol, sofrida no último sábado, diante do modesto Hércules, o time catalão deu show e goleou o Panathinaikos por 5 a 1 no Camp Nou, em sua estreia na Liga dos Campeões. Destaque do jogo, o argentino Messi marcou dois gols.

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2010 | 18h18

A vitória deixa o Barça na liderança do Grupo D, com três pontos. Isso porque no outro jogo da chave o Copenhagen recebeu o Rubin Kazan e venceu por 1 a 0. Com os mesmos três pontos, o time dinamarquês leva desvantagem no saldo de gols. A equipe russa, por sua vez, fica em terceira, à frente do lanterna Panathinaikos.

Com a base da seleção espanhola campeã mundial em campo, o Barça só teve dificuldades até marcar o seu primeiro gol. Antes que Messi começasse a desequilibrar, a equipe visitante chegou a sair na frente. Com o brasileiro Gilberto Silva em campo, o Panathinaikos marcou em um lance isolado. Aos 22 minutos, o goleiro bateu para a frente, Cisse deu um belo passe de calcanhar de primeira e Govou bateu na saída de Valdés.

Mal deu tempo de a torcida grega comemorar e o time catalão mostrou quem mandava no Camp Nou. Aos 22, Xavi fez bom lançamento, Messi entrou na área em diagonal e deu um leve toque para vencer o goleiro grego. Com 33 minutos, após escanteio cobrado da direita, Busquets desviou na primeira trave e David Villa estava na segunda para completar às redes e decretar a virada.

Para o primeiro tempo, porém, ainda estava reservada a bela jogada do segundo gol de Messi. No final da etapa, o argentino tabelou com Villa e Pedro e bateu no canto, já dentro da área. O único momento negativo de Messi na partida veio no início do segundo tempo, quando ele sofreu pênalti, bateu mal e viu o goleiro Tzorvas defender.

Além de não fazer falta, a penalidade desperdiçada também não abalou o atacante. Aos 33, ele tabelou com Bojan, que havia entrado no lugar de Villa, e chutou quase sem ângulo. A bola bateu nas duas traves e sobrou para Pedro apenas empurrar para as redes. Nos acréscimos, ainda houve tempo para Daniel Alves tabelar com Messi, o argentino fazer um lindo passe por cobertura e o brasileiro escorar de cabeça, fechando a goleada.

A segunda rodada do Grupo D da Liga dos Campeões será disputada somente daqui a duas semanas. No dia 29, o Barcelona vai à Rússia encarar o Rubin Kazan. Na mesma data, o Panathinaikos recebe o Copenhagen em Atenas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.