Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Messi marca três, Barcelona goleia e continua na cola do Real

Resultado mantém a equipe catalã com dois pontos a menos que o adversário Real Madrid, que soma 36 e é o líder do Espanhol

Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2014 | 16h01

O Barcelona mais uma vez contou com dia inspirado de seu principal craque para vencer neste domingo. Um dia depois de Cristiano Ronaldo marcar três vezes na vitória do Real Madrid, foi a vez de Lionel Messi fazer o mesmo no Camp Nou e liderar a goleada no clássico catalão diante do Espanyol por 5 a 1, de virada, pela 14.ª rodada do Campeonato Espanhol. Neymar foi titular, ficou em campo durante os 90 minutos, mas em dia pouco inspirado, quase não apareceu.

O resultado manteve o Barça na cola do Real Madrid, na vice-liderança com 34 pontos, dois atrás do principal rival. Agora, a equipe volta suas atenções para a Liga dos Campeões, já que na quarta recebe o Paris Saint-Germain na luta pela liderança do grupo. O Espanyol, por sua vez, é o 12.º no Espanhol e volta a campo pela competição no domingo que vem, em casa, contra o Granada.

Até pelo importante compromisso no meio de semana, Luis Enrique cogitou levar o time a campo com uma escalação alternativa, com muitos reservas. Mas desistiu da ideia, e escalou o que tinha de melhor. Ainda assim, o começo do jogo foi todo do Espanyol, que abriu o placar aos 12 minutos. Busquets errou no meio de campo e perdeu a bola para Sergio Garcia, que invadiu a área, passou fácil por Piqué e encheu o pé para marcar.

O gol fez o Barcelona acordar, a equipe foi para cima mas só conseguiu o empate aos 45. Após linda troca de passes Alba, Suárez e Xavi, Messi recebeu fora da área, dominou e tocou com categoria no canto. Logo aos quatro do segundo tempo, o argentino marcou mais um, após receber de Suárez, colocar entre as pernas do zagueiro e finalizar de pé direito da entrada da área.

Mais três minutos e Piqué apareceu para fazer o seu, de cabeça, após escanteio da direita. Só com a vantagem confortável o Barcelona diminuiu o ritmo, mas ainda assim conseguiu marcar mais duas vezes. Aos 31, Alba deu lançamento preciso para Pedro, que dominou e tocou na saída do goleiro. Aos 35, Messi tabelou com Pedro e bateu de direita para fazer seu terceiro e selar o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.