Messi não quer que Ronaldinho deixe o Barcelona

Meia-atacante argentino diz que será uma pena se o brasileiro deixar a equipe catalã

EFE

17 de abril de 2008 | 13h22

O argentino Lionel Messi, atacante do Barcelona, afirmou que não gostaria de ver o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, um de seus melhores amigos, deixando a equipe no final da temporada."No Barcelona todos queremos que ele fique. Se for embora, será uma pena. Ele me ajudou muito. Qualquer equipe gostaria de contar com Ronaldinho. Ainda tenho esperança que ele possa ficar", disse.Messi rejeitou assumir o papel de principal jogador da equipe caso Ronaldinho Gaúcho saia do Barcelona. "Não sei se ele sairá, nem penso em ocupar o seu lugar", afirmou o argentino.O atacante não concorda que seja um dos protagonistas, ao lado do português Cristiano Ronaldo, do jogo entre Barcelona e Manchester United pela semifinal da Liga dos Campeões na quarta-feira. "O encontro entre o Manchester e o Barcelona não é um confronto entre Cristiano Ronaldo e eu. É um jogo de duas grandes equipes", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.