Messi: "Nenhuma equipe foi melhor que a Argentina"

Apesar da sexta colocação conquistada na Copa do Mundo, o atacante Lionel Messi disse acreditar que "nenhuma equipe demonstrou ser superior" à Argentina na competição. A declaração ocorreu nesta quinta-feira quando o jogador do Barcelona desembarcou em Buenos Aires. Para Messi, o treinador José Pekerman, que anunciou sua saída da equipe após a eliminação na derrota para a Alemanha, deveria seguir no comando da seleção. "Ele está capacitado para permanecer", ressaltou. Ele negou que sua equipe tenha perdido força por culpa de um possível desentendimento entre Riquelme e Crespo. O atacante de 19 anos, que esteve presente em três das cinco partidas da Argentina no Mundial de 2006, comentou a eliminação da equipe sul-americana nas cobranças de pênaltis contra a Alemanha. "Pekerman nos disse que os pênaltis eram uma loteria e que devíamos ficar felizes da mesma forma", disse.

Agencia Estado,

06 Julho 2006 | 18h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.