Messi realiza sonho de sua mãe ao ser treinado por Maradona

O atacante do Barcelona Lionel Messi disse que conseguiu realizar seu sonho de jogar na seleção argentina e o de sua mãe, ao ser treinado pelo maior ídolo do futebol argentino, Diego Maradona.

REUTERS

26 de março de 2009 | 18h53

Messi, peça fundamental no esquema da Argentina, pode formar no sábado uma trinca de atacantes ao lado de Sergio Aguero e Carlos Tevez na partida contra a Venezuela pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2010.

"Estou cumprindo meu sonho de jogar pela seleção argentina e também o da minha mãe, que sempre me disse que sonhava que eu fosse dirigido por Maradona", disse Messi a jornalistas no centro de treinamento da Associação de Futebol Argentino (AFA), nos arredores de Buenos Aires.

A presença de Maradona no banco de reservas e de Messi no campo despertou grande expectativa nos torcedores, que se aglomeraram nas bilheterias em busca de ingressos para a partida que será disputada no sábado à noite.

"As pessoas acreditam em nós, e isso nos dá um impulso maior para a partida com a Venezuela", destacou Messi.

O capitão Javier Mascherano reconheceu ter estudado os movimentos de seu próximo rival e sinalizou estar muito motivado para a partida.

"Sempre estudo os rivais para não encontrar nenhuma surpresa durante a partida", disse Mascherano, destacando a importância dada à equipe venezuelana do técnico César Farias.

Mascherano, considerado por Maradona como o jogador imprescindível em sua equipe, também destacou "a clareza de conceitos e a simplicidade" do treinador.

Depois de receber a Venezuela, a Argentina vai a La Paz para jogar contra a Bolívia, na quarta-feira.

(Reportagem de Luis Ampuero)

Mais conteúdo sobre:
FUTMESSISONHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.