Messi recebe sua 4ª Chuteira de Ouro e divide feito com companheiros de Barcelona

Messi recebe sua 4ª Chuteira de Ouro e divide feito com companheiros de Barcelona

Argentino iguala número de premiações de Cristiano Ronaldo

Estadão Conteúdo

24 Novembro 2017 | 12h34

Lionel Messi recebeu nesta sexta-feira, em cerimônia realizada em Barcelona, pela quarta vez na sua carreira a Chuteira de Ouro por ter sido o maior artilheiro de ligas nacionais da temporada passada do futebol europeu. O astro argentino marcou 37 gols no Campeonato Espanhol e superou o atacante holandês Bas Dost, que balançou as redes por 34 vezes pelo Sporting na edição 2016/2017 do Campeonato Português.

+ Messi revela promessa caso seja campeão da Copa do Mundo em 2018

+ Barça empata com a Juventus, garante ponta e vai às oitavas da Liga dos Campeões

Hoje com 30 anos de idade, Messi também havia faturado essa premiação anteriormente nas temporadas 2009/2010, 2011/2012 e 2012/2013, nas quais marcou 34, 50 e 46 gols respectivamente pelo Barça no Espanhol.

Messi recebeu o troféu nesta sexta das mãos de seu companheiro de time Luis Suárez, que também faturou essa premiação pela última vez na temporada 2015/2016, quando fez 40 gols na competição nacional. Andrés Iniesta e Sergio Busquets, outros dois nomes do clube catalão, também marcaram presença na cerimônia de premiação.

E o astro argentino fez questão de dividir este feito com os seus parceiros de time nesta sexta. "Os prêmios individuais vêm por meio do coletivo. É um prêmio de todos, sem eles não teria marcado os gols que fiz", ressaltou Messi, que posou para fotos à frente das quatro Chuteiras de Ouro que recebeu como maior artilheiro da Europa.

Com a nova honraria, Messi também igualou o número de troféus de máximo goleador do Velho Continente que possui Cristiano Ronaldo, que recebeu este mesmo prêmio nas temporadas 2007/2008, 2010/2011, 2013/2014 e 2014/2015.

O argentino, porém, voltou a mostrar a habitual humildade ao comentar mais um feito de sua carreira. "Eu nunca me considerei um atacante. Tenho sorte de ter marcado tantos gols", disse Messi, que ressaltou também que vem crescendo "fora e dentro de campo" nos últimos anos. "Vou melhorando e acumulando coisas ao meu jogo, cada dia desfruto mais de ser um jogador", completou.

Messi, Cristiano Ronaldo e Suárez dominaram a premiação da Chuteira de Ouro nos últimos nove anos, sendo que o atacante uruguaio foi o único jogador que não estava atuando na liga espanhola a conquistar a Chuteira de Ouro nesta última década. No caso, ele dividiu a premiação com Cristiano Ronaldo na temporada 2013/2014, quando defendia o Liverpool e marcou 31 gols no Campeonato Inglês, mesmo número de bolas na rede do português no Campeonato Espanhol.

A Chuteira de Ouro é uma premiação promovida pela European Sports Media, uma associação que reúne representantes de jornais e revistas esportivas da Europa.

Mais conteúdo sobre:
futebol Messi Chuteira de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.